Da placenta do sofrimento nascem trigêmeos univitelinos?

As religiões ensinam:
 
“Pelo sofrimento se atinge o desenvolvimento espiritual”.

    O Sistema Grisa constata, pelas pesquisas realizadas no IPAPPI, que da Placenta do Sofrimento nascem Trigêmeos Univitelinos: o Depressivo, o Paranormal e o Superdotado.

    Constata ainda que a Depressão, em primeiro lugar, é um conjunto de talentos, dos quais o primeiro é “a capacidade de colocar-se no lugar do outro, especialmente do ser que sofre”.

Observe-se, que existe uma relação direta entre:

  • Depressão e Amor;

  • Paranormalidade e Fé;

  • Superdotação e Harmonia.​

    É no despertar dos talentos, de forma prática e funcional, que ocorre o mais fantástico processo terapêutico e as curas acontecem de dentro para fora, do universo das essências para o mundo das aparências, da mente para o corpo, do        Universo Invisível para o Mundo Visível…

    Já houve um tempo em que:

  • O Gênio, o superdotado, era tido como um maluco ou excêntrico e a sociedade, com suas leis explícitas ou latentes, o marginalizava ou o excluía, num processo de ostracismo…

  • O paranormal, com sorte não muito superior, ora era visto como protegido dos deuses ou divindades, com dons especiais, ora era considerado doente psíquico ou era visto como possuído por demônios, espíritos maus e obsessores…

  • O depressivo ainda é apenas identificado em suas manifestações de perturbação ou de desespero, diante do absurdo, do vazio e das conseqüências do “Medo diante do desconhecido e da vida sem sentido”.

    Foi preciso identificar a paranormalidade como Potencial Mental, para que se pudesse perceber sua relação com os demais talentos humanos.

Só o depressivo é capaz de perceber o sofrimento e o valor humano existente na pessoa e outros seres vivos que sofrem. Ignora a si mesmo e é capaz de “mergulhar de cabeça”, para ajudar a pessoa sair da doença ou da miséria; para ajudar seres humanos a vencerem a miséria moral, espiritual, mental e humana, para buscar garantir a sobrevivência da espécie, quando ameaçada, e como por ocasião das grandes catástrofes…

Todos os heróis, proclamados por todas as doutrinas – heróis ou santos – todos enxergam o mundo à sua volta pelas lentes – lentes de microscópios e telescópios – também o universo invisível das essências. * Exercício prático de contemplação de uma flor, rosa ou margarida.

No Paranormal, por sua sugestionabilidade e lentes da PES, a Fé atinge mais elevado grau. Fé alicerçada em suas crenças e na sua confiança e atinge seu ilimitado poder criador, viabilizado pela Psicocinesia.

O superdotado atinge o mais elevado grau de agilidade mental de comparar, calcular e tirar conclusões matemáticas…

São os gênios dos inventos e de toda espécie de solução prática e benéfica para a Espécie Humana.

    TERAPIA HOLÍSTICA DO SISTEMA GRISA

  1. BAÚ DO DEPRESSIVO

    O depressivo desenvolve a maior capacidade para “colocar-se no lugar do outro”. A maior capacidade de doar-se, de colaborar, de desapegar-se, de ser solidário.

Amar é a atitude de querer o bem a um ser e fazer o melhor para tanto. Querer o melhor para o outro, na visão holística, para o bem do ser como um todo, no espaço e no tempo.

Para tanto é preciso conhecer a verdade da parte no todo do todo no todo e do todo na parte.

A verdade não precisa ser ensinada; basta ajudar a pessoa, o ser, a percebê-la. A verdade é transmitida mais telepaticamente, via PES, do que explicada oralmente. O coração é o alto falante, o amor é energia que transmite a verdade e a atitude do amor, do amante…

  1. BAÚ DO PARANORMAL

    O talento maior do paranormal é a fé sem limites. O talento maior: a capacidade de perceber-se no lugar do outro, de perceber-se nas partes e no todo, por isso o paranormal e o depressivo sempre vivem um no outro e o outro no um. Vivem sempre entrelaçados, pelo elo da capacidade de perceber e de amar.

Pelo veículo da PES, o paranormal percebe além fronteiras, também dos sentidos; pela psicocinesia, atua além fronteiras e sobrepõe-se aos limites da física, da química, da biologia e da comunicação. Pode atuar muito além e com mais precisão do que um braço mecânico, teleguiado.

A essência rompe todos os limites e todas as fronteiras das aparências; pelas vias cósmicas, ultrapassa todas as fronteiras do Caos.

        Potencial Mental:
   A mente humana é muito mais capaz do que se imagina ou do que
nos permitiram pensar.
   Temos um potencial mental inexplorado, que pode e deve ser usado
para o bem e a favor da humanidade.
   Reprogramar o subconsciente e libertá-lo de programações atrapalhadas,
nos permite liberar este potencial para ser utilizado em nosso benefício,
não apenas como sobrevivência, mas agora para realizar maravilhas em
nossas vidas.

  1. BAÚ DO SUPERDOTADO

    Talento maior: perceber além dos limites impostos pelos números e usar as leis matemáticas com velocidade superior à da luz.

O superdotado realiza cálculos instantâneos; contudo, sempre preciso.

O superdotado percebe, avalia e calcula, muito além dos limites impostos pelas aparências de cálculos, fórmulas, gráficos e tabelas; orienta-se pelas essências imperceptíveis e sempre regidas por leis matematicamente exatas e imutáveis.

    O superdotado dispensa cálculos, quadros demonstrativos, tabelas, formas e fórmulas.

Em síntese…

  1. a) Pela via do sofrimento, o depressivo é capaz de colocar-se no lugar do outro em plenitude.

  2. b) Pela via do PSI, o paranormal é capaz de perceber o todo e atuar sobre tudo.

  3. c) Pela via do conhecer, o superdotado percebe as leis e princípios que regem o todo e tudo. É a própria verdade que ilumina e se incorpora no todo e em tudo.

É a fagulha divina presente no todo e em tudo.

Mais do que saber o saber, vive o viver, existe no existir.

(Texto baseado no site IPAPPI Sistema Grisa)

foto hipnose.jpg